Podcasts de história

Knox II DE-1052 - História

Knox II DE-1052 - História

Knox

II

(DE-1052: dp. 2.624; 1. 414'6 "; b. 44 '; dr. 18'; s. 27,4 k .; cpl. 247; a. 15", ASROC, DASH, 4 21 "tt .; cl. Knox)

O segundo Knox (DE-1052), o protótipo em uma nova classe de escoltas de contratorpedeiros, foi estabelecido em 5 de outubro de 1965, por Todd Shipyards Corp., Seattle, Wash .; lançado em 19 de novembro de 1966; patrocinado pela Sra. Peter A. Sturtevant, neta do Commodore Knox; e estará no verão de 1968.

Depois de concluído, Knox executará operações de busca e resgate e fornecerá apoio de evacuação, bloqueio e vigilância, quando necessário, para a Frota do Pacífico.


Arquivo: Lançamento do USS Knox (DE-1052) na Todd Shipyard Corporation, Seattle, Washington (EUA), em 19 de novembro de 1966 (1438114271190) .jpg

Clique em uma data / hora para ver o arquivo como ele apareceu naquele momento.

Data horaMiniaturaDimensõesDo utilizadorComente
atual13:55 de 20 de outubro de 2006623 × 491 (48 KB) Felix Stember (falar | contribs) <

Você não pode sobrescrever este arquivo.


KNOX FF 1052

Esta seção lista os nomes e designações que o navio teve durante sua vida útil. A lista está em ordem cronológica.

    Destruidor de mísseis guiados pela classe Knox
    Keel lançado em 5 de outubro de 1965 - lançado em 19 de novembro de 1966

Capas navais

Esta seção lista links ativos para as páginas que exibem capas associadas ao navio. Deve haver um conjunto separado de páginas para cada nome do navio (por exemplo, Bushnell AG-32 / Sumner AGS-5 são nomes diferentes para o mesmo navio, então deve haver um conjunto de páginas para Bushnell e um conjunto para Sumner) . As capas devem ser apresentadas em ordem cronológica (ou da melhor forma que puder ser determinada).

Como um navio pode ter muitas capas, elas podem ser divididas em várias páginas para que não demore para carregar as páginas. Cada link de página deve ser acompanhado por um intervalo de datas para as capas dessa página.

Carimbos

Esta seção lista exemplos de carimbos postais usados ​​pelo navio. Deve haver um conjunto separado de carimbos postais para cada nome e / ou período de comissionamento. Em cada conjunto, os carimbos postais devem ser listados em ordem de seu tipo de classificação. Se mais de um carimbo postal tiver a mesma classificação, eles devem ser posteriormente classificados pela data de uso mais antigo conhecido.

O carimbo postal não deve ser incluído, a menos que seja acompanhado por uma imagem em close-up e / ou a imagem de uma capa mostrando esse carimbo. Os intervalos de datas DEVEM ser baseados SOMENTE NAS CAPAS NO MUSEU e devem mudar à medida que mais capas são adicionadas.
 
& gt & gt & gt Se você tiver um exemplo melhor para qualquer um dos carimbos postais, sinta-se à vontade para substituir o exemplo existente.

Tipo de carimbo postal
---
Killer Bar Text

Como FF-1052
Primeiro dia de uso - Novo Cachet, capa de Stephen Decatur Capítulo No. 4, USCS.

Outra informação

KNOX recebeu a Comenda de Unidade Meritória da Marinha com 2 estrelas - Medalha Expedicionária da Marinha - Medalha Expedicionária de Defesa Nacional com 1 estrela - Medalha Expedicionária das Forças Armadas com 1 estrela - Medalha de Serviço do Vietnã com 1 estrela de campanha - Faixa de Serviço Humanitário - Implantação de Serviço Marítimo Ribbon e a medalha de campanha da República do Vietnã durante sua carreira naval.

HOMÔNIMO - Comodoro Dudley Wright Knox, USN (21 de junho de 1877 - 11 de junho de 1960).
& # 160 & # 160 & # 160 "Knox nasceu em Fort Walla Walla WA e se formou na Academia Naval em 5 de junho de 1896. Durante a Guerra Hispano-Americana, serviu em MAPLE em águas cubanas. Comandou as canhoneiras ALBANY e IRIS durante a Insurreição Filipina e o último durante a rebelião dos boxeadores chineses. Ele então comandou três dos primeiros destróieres da Marinha: SHUBRICK, WILKES e DECATUR antes de comandar a Primeira Flotilha de Torpedos. Durante o cruzeiro da "Grande Frota Branca", ele foi oficial de artilharia da NEBRASKA (BB 14). Antes da Primeira Guerra Mundial, ele foi Oficial de Artilharia da Frota no Atlântico e no Pacífico, serviu no Escritório de Inteligência Naval e comandou a Estação Naval da Baía de Guantánamo. Em novembro de 1917, ele se juntou à equipe do Almirante Sims, Comandante das Forças Navais dos EUA na Europa Waters, e ganhou a Cruz da Marinha por "serviços distintos" servindo como assessor na Seção de Planejamento e, posteriormente, na Seção Histórica. Ele foi promovido a Capitão em 1º de fevereiro de 1918. Após retornar aos Estados Unidos em março de 1919 por um ano no corpo docente do Naval War College, ele comandou sucessivamente BROOKLYN (ACR 3) e CHARLESTON (C 22) antes de retomar o serviço no Gabinete do Chefe de Operações Navais.
& # 160 & # 160 & # 160 Transferido para a Lista de Aposentados da Marinha em 20 de outubro de 1921, ele continuou na ativa servindo simultaneamente como Oficial Responsável, Escritório de Arquivos Navais e Biblioteca, e como Curador do Departamento da Marinha. No início da Segunda Guerra Mundial, ele foi designado para funções adicionais como Diretor Adjunto de História Naval. Por 25 anos, sua liderança inspirou diligência, eficiência e iniciativa enquanto guiava, melhorava e expandia as operações históricas e arquivísticas da Marinha. Um mestre do conteúdo e do estilo, seus escritos claros incluem "O Eclipse do Poder Marítimo Americano" (1922) "O Gênio Naval de George Washington" (1932) e "Uma História da Marinha dos Estados Unidos" (1936), reconhecido como " a melhor história de um volume da Marinha dos Estados Unidos que existe. " Avançado para o Comodoro em 2 de novembro de 1945, ele foi premiado com a Legião de Mérito por "conduta excepcionalmente meritória" enquanto dirigia a preservação de registros precisos das operações navais dos EUA na Segunda Guerra Mundial. O Comodoro Knox foi dispensado de todas as funções ativas em 26 de junho de 1946. Ele morreu em 11 de junho de 1960. "

Se você tiver imagens ou informações para adicionar a esta página, entre em contato com o Curador ou edite esta página e adicione-a. Consulte Editando as páginas do navio para obter informações detalhadas sobre a edição desta página.


Knox II DE-1052 - História

Fragatas da classe Knox Kirk (1087), Francis Hammond (1067), Lockwood (1064) e Knox (1052).

o Knoxes foram o último projeto do tipo contratorpedeiro da Marinha dos Estados Unidos e rsquos com um motor a vapor. Na aparência, eles eram conspícuos por sua seção transversal alta e circular. Mais obviamente, eles eram grandes: graças em parte a uma reversão tardia para caldeiras convencionais de 1.200 psi, eles ganharam 24 pés de comprimento total e 20 por cento em peso sobre o Garcias & mdash que os tornou comparáveis ​​em tamanho ao Charles F. Adams- destróieres de mísseis guiados de classe e maiores do que os armamentos da Segunda Guerra Mundial e Forrest Sherman classes nos esquadrões de destróieres aos quais estavam vinculados.

Comprimento: 438 & # 39 geral 415 & # 39 linha d'água.

Deslocamento: 3.020 toneladas longas leve 4.065 toneladas longas em plena carga.

Maquinaria de propulsão: 2 x caldeiras de 1.200 psi 1 turbina com engrenagem, 1 eixo de 35.000 shp.

Velocidade de design: 27 nós.

Complemento de design: 13 oficiais 211 alistados.

Mais espaçoso do que esses destruidores, o KnoxEsses eram geralmente apreciados pelas tripulações, mas naturalmente, como plataformas ASW especializadas, não podiam igualar sua capacidade ofensiva. o KnoxTambém faltava redundância: seu único parafuso tornava o colapso uma preocupação e seu único / 54 de 5 polegadas poderia emperrar durante o fogo contínuo (embaraçoso na linha de armas do Vietnã quando eram novos). Assim, convidando e sofrendo com a comparação lado a lado com os destruidores, eles se tornaram conhecidos por uma geração de destruidores como & ldquoMcNamara & rsquos Folly. & Rdquo

À medida que envelheciam, no entanto, suas armas e sensores evoluíram significativamente. Em 1971 & ndash75, 31 Knoxes receberam o sistema de defesa antimísseis de ponto básico (BDPMS). Downes foi posteriormente modificado para transportar lançadores de mísseis superfície-ar Sea Sparrow. Posteriormente, todos os navios foram atualizados com o sistema de armas aproximadas Phalanx Mk 16 (CIWS). Além disso, os tubos de torpedo voltados para a popa da classe & rsquos foram substituídos pelo sonar de profundidade variável SQS-35 e pelo sonar passivo rebocado AN / SQR-18A TACTASS mais um helicóptero LAMPS Mk I SH-2D Seasprite.

Assim aprimorada, a navegabilidade Knoxes desfrutou de uma vida de serviço de 20 & ndash25 anos na Marinha dos Estados Unidos até que foram eliminados em 1991 & ndash94, quando a ameaça do submarino soviético entrou em colapso e após o Oliver Hazard PerryAs fragatas de classe chegaram em grande número. Ainda não feito, alguns se tornam o núcleo do Programa de Treinamento de Reserva de Conceito Inovador (ICRTC), disponível para reativação em 180 dias & rsquo aviso. Eventualmente, enquanto 34 foram transferidos para a Turquia (12), Taiwan (8), México (4), Grécia (3), Tailândia e Egito (2 cada), nove foram desmantelados e seis afundados como alvos.

Knox, ela mesma, foi a última a ir & mdashtowed de Bremerton, onde havia sido deixada, para Guam e afundado lá no verão de 2007.


Compartilhado Todas as opções de compartilhamento para: A defesa de Kevin Knox, o jogador mais perseguido da temporada da bolha da NBA

Foto de Patrick Smith / Getty Images

O 2020 NBA Bubble não foi gentil com Kevin Knox. Apesar de não jogar há meses, o jovem atacante do Knicks está constantemente sendo citado nas notícias e nas redes sociais.

Infelizmente para Knox - e para os fãs do Knicks em geral - vários dos jogadores escolhidos depois dele no Draft de 2018 estão dominando no momento. Michael Porter Jr., cujo nome muitos fãs do Knicks entoaram na noite do draft, tem feito números loucos. Mikal Bridges, que muitos na sede da P & ampT queriam que o time escolhesse, tem sido um defensor de primeira linha e uma peça-chave para os Suns em alta. Shai Gilgeous-Alexander, companheiro de equipe de Knox no Kentucky, provavelmente montou a melhor carreira do grupo e está ancorando uma equipe difícil do OKC ao lado de Chris Paul.

Stefan Bondy do The Daily News usou o surgimento de Porter para escrever um artigo destacando as falhas do regime de Steve Mills / Scott Perry. Para onde quer que você olhe, é temporada de caça à Knox. Cada artigo, cada postagem no Twitter e Instagram parece mais sujeira sendo despejada sobre o túmulo de sua gestão Knicks.

E por que os fãs do Knicks não deveriam pegar as pás? Os números de Knox despencaram em 2019-20, quando ele passou de uma média de 12,8 pontos em 37,0 / 34,3 / 71,7 para 6,4 pontos em 35,9 / 32,7 / 65,3. Se Knox não está marcando, ele não é um defensor ou rebote bom o suficiente para carregar seu peso em uma rotação da NBA.

Amigos, fãs dos Knicks, compatriotas - me emprestem seus ouvidos. Não vim para enterrar Kevin Knox, mas para. Não sei, talvez meio que elogie ele, não é? Quando você tira os números básicos e olha mais profundamente, há evidências de que, apesar de tudo, Knox pode estar no caminho certo.

Vamos começar com o tiroteio. Eu não vou mentir. é difícil. Knox começou com fogo além do arco, com média de 44,7 3P% em 3,9 tentativas em seus primeiros 12 jogos. A partir daí, sua tacada o abandonou inteiramente - em seus últimos 53 jogos, Knox teve uma média de 28,9 3P% em 2,9 tentativas por jogo.

Então o que ele fez certo? Por um lado, ele não parou de atirar naqueles três. Em vez disso, ele eliminou muitos saltadores e flutuadores funky de médio alcance que ele descartou quando era um novato.

2018-19 3PAr: 0,398

2019-20 3PAr: 0,498

Se você vai perder uma tonelada de arremessos, você pode muito bem perdê-los de além do arco e deixar o chão para seus companheiros de equipe. Knox tem um pulôver lindo para um garoto de seu tamanho e mostrou-se promissor com a bola três como novato. Se 2019-20 foi apenas a temida recessão do segundo ano, então pelo menos Knox aprendeu quais fotos ele deveria atirar.

Na verdade, há um lugar onde o tiro de Knox melhorou nesta temporada: na borda. Ele foi atroz como um novato, acertando apenas 50% de suas tentativas de 0-3 pés. Esse número saltou para 56,4% em 2019-20. ainda não é bom, mas uma grande melhoria.

“Ainda não é bom, mas uma melhoria” é um tema recorrente em muitos dos outros números de Knox de 2019-20. Knox não melhorou muito em nenhuma categoria, mas melhorou em quase tudo: taxa de lance livre, porcentagem de rebote, porcentagem de assistência, porcentagem de giro e porcentagem de bloqueio.

Novamente, não estamos falando sobre coisas ganhadoras do prêmio de Jogador Mais Aprimorado aqui, mas Knox estava pegando mais placas defensivas, passando mais, virando menos e bloqueando mais chutes. Os tiros bloqueados podem ter sido a maior melhoria de área de Knox. Por acaso você se lembra de assistir aos Knicks no final da temporada e pensar: "Uau, é Kevin Knox bloqueando os tiros?" Bem, os números confirmam isso! Knox terminou em terceiro no Knicks em porcentagem de bloqueio, atrás de Mitchell Robinson (8,0% - duh) e logo atrás de Taj Gibson (2,8%). ele terminou bem à frente dos bigs de finesse Bobby Portis (1,2%) e Julius Randle (1,0%).

Essas pequenas melhorias generalizadas renderam dividendos no final da temporada, conforme Knox se sentia mais confortável com seu papel fora do banco. Knox começou mais sua temporada de estreia e, apesar de seus grandes números de pontuação, os Knicks tiveram uma hemorragia de pontos com ele em quadra (-11,3 rating líquido). Em 2019-20, essa classificação liga / desliga subiu para um valor mais respeitável de -2,6, e quando você examina os dados de escalação, há mais motivos para otimismo. Confira os 10 melhores lineups de dois homens de Knox:

Coloque Knox na quadra com Frank Ntilikina ou Damyean Dotson, e os Knicks superarão ligeiramente seu oponente. Agora verifique o final da lista - em 302 minutos no total com Dennis Smith Jr. como armador, os Knicks de Knox foram varridos do chão pelos oponentes. Knox jogou apenas 1.166 minutos no total nesta temporada, o que significa que ele jogou mais de um quarto da temporada assistindo DSJ peidando para cima e para baixo na quadra. A dupla de Allonzo Trier também foi uma grande perda, o que pode ser uma das razões pelas quais Trier não está mais empregado no clube.

Os combos de três homens são ainda mais nítidos em seus retratos. O trio de Knox, Frank e Dotson foi um grande sucesso, e jogar um grande (Robinson ou Portis) com um guarda (Frank ou Dot) e Knox também foi um grande sucesso para os Knicks. Até mesmo o trio supergrande de Mitch, Portis e Knox era quase neutro. Mas olhe para o final da lista: troque em Smith e as escalações se transformam em dookie puro.

Isso mostra alguns erros trágicos da equipe técnica do Knicks - sério, por que eles não jogaram mais com o Dotson? - mas também diz algo sobre Knox. Frank e Dot não são All-Stars, eles são apenas jogadores competentes da NBA. Dennis Smith pode ser um jogador competente um dia, mas nesta temporada ele foi um desastre absoluto. Quando Kevin Knox recebeu companheiros de defesa competentes, os Knicks conseguiram jogar muito bem com ele na quadra.

A narrativa predominante da temporada 2019-20 de Kevin Knox é uma regressão: ele perdeu seu papel inicial, perdeu muito tempo de jogo e perdeu seu toque de tiro. Enquanto isso, muitos de seus companheiros recrutados em 2018 se destacaram. Há, no entanto, outra história para a temporada 2019-20 de Knox. Confrontado com a perda de seu ponto de partida, uma queda de tiro miserável e a estranheza geral que era o regime de treinamento de David Fizdale, Knox fez alguns ajustes em seu jogo geral, jogou muito mais na defesa e se encaixou bem com Frank, Dot, Mitch e o resto de uma unidade de bancada do Knicks que estava realmente chegando no final da temporada.

Isso significa que Knox vai dar a volta por cima na próxima temporada e silenciar os que duvidam? Todos sabem que eu nunca apostaria nos Knicks para fazer algo certo. Tudo o que estou dizendo é que não devemos excluí-lo ainda.


Vida pregressa

Quase nada se sabe sobre a vida de Knox antes de 1540, os relatos dados por seus primeiros biógrafos sendo em sua maioria fantasiosos. De sua ascendência, sabe-se apenas que o nome de sua mãe era Sinclair (Knox usava o nome John Sinclair como incógnito em tempos de perigo), que o nome de seu pai era William e que ele e os avós de Knox haviam lutado, e dois deles morrera - talvez na Batalha de Flodden contra as tropas de Henrique VIII. A família pode ter sido agricultora.

Supõe-se que Knox foi treinado para o sacerdócio com o estudioso John Major, muito provavelmente na Universidade de St. Andrews. Knox não fez um mestrado, no entanto, mas terminou seu treinamento com uma mente imbuída daquele prazer no pensamento abstrato e na disputa dialética que, mesmo naquela época, era reconhecido em toda a Europa como típico da erudição escocesa. Ele estava sob as ordens de um padre em 1540, e em 1543 ele também era conhecido por exercer a função de notário apostólico na área de Haddington, o que parece indicar que ele estava em boa posição com as autoridades eclesiásticas.

Dois anos depois, no entanto, Knox estava em companhia mais equívoca como tutor dos filhos de dois cavalheiros de East Lothian que estavam profundamente envolvidos nas intrigas do protestantismo político. Sob sua proteção, George Wishart, um líder da Reforma Escocês que se tornaria um dos primeiros mártires da causa, começou uma turnê de pregação nos Lothians em dezembro de 1545. Knox estava muito em sua companhia, e a conversão completa de Knox à fé Reformada data de seu contato com Wishart, cuja memória ele guardou para sempre. Wishart foi queimado por heresia em março de 1546 pelo cardeal David Beaton, arcebispo de St. Andrews, que, em vez do governador fraco, era o verdadeiro governante da Escócia. A execução de Wishart deu início a uma cadeia de eventos que alterou profundamente a vida de Knox. Três meses depois, Beaton foi assassinado por conspiradores protestantes que se fortificaram no castelo de St. Andrews.

Enquanto isso, Knox, acompanhado por seus alunos, estava se movendo de um lugar para outro para escapar da perseguição e prisão. Seu desejo era ir para a Alemanha para estudar lá nas instituições de ensino protestantes, mas seus patrões mandaram que ele levasse seus filhos para St. Andrews e continuassem seus estudos sob a proteção do castelo. Assim, em abril de 1547, menos de um ano após o assassinato do cardeal e contra sua própria vontade, Knox chegou com seus alunos em St. Andrews - ainda um homem desconhecido. Os três meses que lá passou o transformaram, contra sua própria predisposição, no reconhecido porta-voz e protagonista do movimento da Reforma na Escócia. Os protestantes no castelo se envolveram em controvérsias com a universidade, vários deles, ao tomarem conhecimento de que um homem de dons incomuns havia se juntado a eles, pressionaram a consciência de Knox com o dever de assumir "o cargo público e a incumbência de pregar". A inclinação de Knox era para o silêncio do estudo e da sala de aula, não para as responsabilidades e perigos da vida de um pregador de uma fé proscrita e perseguida. Ele resistiu ao chamado com lágrimas, e só depois de grande hesitação foi persuadido a pregar na cidade de St. Andrews um sermão que convenceu amigos e inimigos de que o grande porta-voz do protestantismo escocês havia sido encontrado. Este foi o ponto de viragem na vida de Knox, daquele momento em diante, ele se considerava chamado para pregar por Deus, e ele estava mais certo da origem divina e da compulsão do chamado, pois ia contra todas as suas inclinações.

No final de junho de 1547, a ajuda francesa chegou ao governador da Escócia. A guarnição do castelo de St. Andrews, bombardeada de fora e atacada por uma praga interna, capitulou em termos que Knox não manteve e outros foram levados para a escravidão nas galés francesas. A intervenção inglesa garantiu sua libertação 19 meses depois, embora com a saúde permanentemente debilitada.

Na Inglaterra, o governo protestante de Eduardo VI estava se esforçando para apressar o clero e o povo na Reforma mais rápido, se alguma coisa, do que a maioria deles estava disposta a ir. Para este programa, pregadores e propagandistas eram necessários com urgência e, como o retorno a uma Escócia sob o governo católico romano era impossível para Knox nesta época, o governo inglês prontamente fez dele um de um seleto corpo de pregadores licenciados e o enviou para o norte para propagar a Reforma na turbulenta cidade-guarnição de Berwick-upon-Tweed. Ele trouxe ordem à cidade e estabeleceu uma congregação segundo as linhas puritanas, e lá conheceu Marjorie Bowes, que se tornaria sua esposa. No início de 1551, ele recebeu uma nova designação em Newcastle e um pouco mais tarde foi nomeado um dos seis capelães reais cujas funções incluíam residência periódica e pregação antes da corte, bem como evangelismo itinerante em áreas onde o clero regular era carente de zelo protestante. Mais tarde, ele se recusou a aceitar o bispado de Rochester e o vicariato de Allhallows, Londres, mas continuou, sob o patrocínio do governo, a exercer um ministério itinerante, principalmente, mas não exclusivamente, em Buckinghamshire, Kent e Londres.

Em três aspectos, Knox deixou sua marca na Igreja da Inglaterra: ele participou da formação de seus artigos e garantiu a inserção em O Livro da Oração Comum da chamada rubrica negra, que nega a presença corporal de Cristo no pão e vinho consagrados usados ​​na Sagrada Comunhão e explica que ajoelhar-se na comunhão não implica adoração dos elementos e ele foi um dos principais pais adotivos do puritanismo inglês, um movimento de reforma começou dentro da igreja estatal com vista à aplicação mais rigorosa dos princípios da Reforma na doutrina e na adoração.


Recall para a Escócia

Na Escócia, as coisas chegaram a uma crise na primavera de 1559. Dois anos antes, os senhores protestantes haviam assinado um "bando" ou convênio, a conselho de Knox, comprometendo-se a promover e defender "a Congregação do Senhor" e seus ministros ( daí o seu nome “Senhores da Congregação”). A rainha regente, a francesa Maria de Guise, considerou político fazer concessões a eles. Mas quando as hostilidades entre a Espanha e a França terminaram no início de 1559, abrindo a possibilidade de uma intervenção francesa mais forte na Escócia, a rainha regente sentiu que havia chegado o momento de encerrar definitivamente a expansão do protestantismo. Para este fim, ela convocou os pregadores protestantes, como líderes da crescente insubordinação protestante, para comparecer diante dela em 10 de maio em Stirling. Os protestantes responderam chamando Knox de Genebra e os senhores, lairds e plebeus protestantes reunidos em Dundee. Em 4 de maio, Knox se juntou a eles e eles avançaram para Perth, onde, após um sermão veemente de Knox, os frades foram demitidos.

No final de junho, Edimburgo estava temporariamente nas mãos dos protestantes e Knox estava pregando em St. Giles, mas o triunfo era ilusório e Knox sabia disso. O exército voluntário de protestantes não poderia manter o campo por mais do que algumas semanas; o exército mercenário da rainha regente poderia manter o campo indefinidamente e desferir um golpe esmagador à medida que a força protestante diminuía. Nessa conjuntura, Henrique II da França morreu e o poder caiu nas mãos dos Guises, os irmãos da rainha regente e tios da jovem rainha da França - Maria, rainha dos escoceses e consorte de Francisco II, o novo rei da França. A forte intervenção francesa na Escócia estava agora garantida em prol do plano de Guise de deslocar a rainha Elizabeth da Inglaterra e unir a França, a Escócia e a Inglaterra sob o comando de Francisco II, da França e Maria. Assim, uma questão política de importância internacional crítica interrompeu a questão religiosa na Escócia. Uma vitória francesa na Escócia colocaria Elizabeth e a Inglaterra em perigo. Portanto, cabia à Inglaterra fazer causa comum com os protestantes escoceses. Knox não perdeu a oportunidade de explicar esse fato a Elizabeth. O outono e o inverno de 1559 viram os protestantes escoceses em situação desesperadora. Apenas os esforços sobre-humanos e o espírito indomável de Knox mantiveram a causa em existência. Na hora mais negra, Knox revigorou os desesperados líderes protestantes e evitou a derrota nas mãos dos mercenários franceses do governo. Só na resolução de Knox nestes meses dependia o destino não só do protestantismo escocês, mas também da Inglaterra de Elizabeth.

Na primavera de 1560, Elizabeth finalmente consentiu com a ação inglesa. Em abril, 10.000 soldados ingleses juntaram-se aos protestantes escoceses, a rainha regente morreu no castelo de Edimburgo e os desanimados franceses desistiram. Por tratado, as tropas francesas e inglesas foram então retiradas, deixando os protestantes escoceses vitoriosos para colocar sua própria casa em ordem. A rainha Maria era católica romana e ausente na França, e todas as suas simpatias iam para o lado derrotado. O Parlamento escocês nunca havia exercido muito poder, mas agora, reunindo-se em agosto sem autoridade real, começou a lidar com a questão religiosa. A confissão escocesa (preparada às pressas por Knox e três outros) foi adotada e a jurisdição papal foi abolida.


Pessoa: Renaud II de Nevers (1)

Renauld II, Conde de Nevers e Auxerre (falecido em 1089) era filho de Guilherme I de Nevers, Conde de Nevers e Ermengarde de Tonnerre.

Ele se casou com Ida, filha de Artald V, conde de Forez. Eles tiveram um filho:

Mais tarde, ele se casou com Agnes de Beaugency. [1] Eles tinham:

  1. ↑ 1.01.1 Renald II, Conde de Nevers, em Wikipedia: A enciclopédia livre.
  2. RENAUD [II] de Nevers (- morto em 5 de agosto de 1089)., Em Cawley, Charles. Terras medievais: Uma prosopografia de famílias reais e nobres europeias medievais.
  3. Renaud II de Nevers, Conde de Nevers, em Lundy, Darryl. The Peerage: Um levantamento genealógico do nobreza da Grã-Bretanha, bem como das famílias reais da Europa.
  4. ↑ 4.04.14.24.3 Biographie a Wikipédia FR, na Wikipedia
    [[1]], trouvée 2016.

Renaud II de Nevers1, né en 1055, mort le 5 août 1089, conde de Nevers (1079-1089), fils aîné de Guillaume Ier, conde de Nevers, d'Auxerre et de Tonnerre, et d'Ermengarde de Tonnerre.


Knox II DE-1052 - História

Bios - Família Knox de Buffalo
Por Edward T. Dunn

1876 ​​(?) - Abandona a escola aos 15 anos

1890 - Muda-se para Buffalo
1890 - Casa-se com Grace Millard

1912 - Funde suas lojas com as de seu primo para formar a rede Woolworth, da qual ele é o primeiro vice-presidente

1913 - Compra a parte de Stephen Clement do Marine National Bank - Clement era o presidente do banco. Clement morreu em 1913. Knox morreu dois anos depois. As duas viúvas moram ao lado, na Delaware Avenue, no início de 1918.

1915 - a mãe de Frank Jr. morreu e deixou sua casa em # 672 Delaware Avenue, esquina NW em Summer St., para ele. Quando casado, ele e Dorothy moraram lá. (Em 1915, Frank Jr. perde a mãe e a esposa, Dorothy, perde o pai.)

1915 - Grace compra # 806 (agora # 800) Delaware no ano em que seu marido morre e no ano em que sua filha, Virginia, se casa com Frank Goodyear Jr. e mora em # 672 Delaware, a quatro portas de # 806.

(Os mausoléus de Goodyear e Knox no cemitério Forest Lawn estão próximos um do outro.)

1918 - muda-se para # 806, a casa que ela construiu após demolir a mansão anterior no local. Seu vizinho de porta, na casa de 1914, é a viúva de Stephen Clement. Seymour Knox comprou a participação de Stephen Clement no Marine National Bank em 1913, mesmo ano em que Clement morreu. Seymour morreu dois anos depois.

  • 18 ?? - # 414 Porter Avenue
  • 1896 - # 467 Linwood
  • 1904 - # 1049 Delaware [agora # 1035]
  • 1918 - # 806 Delaware
  • Dorothy Virginia
    Nasceu em 1896 (?)
  • Marjorie
    1900-1980
  • Seymore Horace, Jr,
    1898

1915 - casa-se com Frank H. Goodyear, Jr.
1915 - Ela e o marido moram na avenida Delaware nº 672, a casa onde seu marido cresceu aos 16 anos. Sua mãe morreu em 1915 e deixou a casa para ele.

(Seu pai, Seymour H, Knox I também morreu em 1915, no mesmo ano em que sua mãe viúva decidiu comprar a casa, # 806, agora # 800 Delaware, a três portas de Dorothy.)

C. 1916-17 - Constrói a casa principal na Fazenda Knox em East Aurora. Eles venderiam a casa para o irmão de Dorothy, Seymour II, em 1929, e construiriam uma casa maior a cinco quilômetros de distância, na North Davis Road.

1930 - Frank Goodyear Jr., de 39 anos, morre em um acidente de carro. Dorothy sobrevive com uma torção no ombro.

1927 - casa-se com J. Hazard Campbell. A casa de verão deles fica na Willardshire Road, próximo à propriedade Seymour Knox, II em East Aurora. Campbell vai trabalhar na Marine, agora um banco familiar.

1938 - J. Hazard morre em um acidente de avião testemunhado por Marjorie e dois de seus filhos.

1920 - Depois de se formar em Yale, trabalha na empresa familiar, Marine Trust Bank.

1943-1970 - Presidente do Marine Trust Bank quando começa a construção do prédio de trinta e oito andares da Marinha, na parte inferior da Main Street.

1943-1971 - Presidente da F. W Woolworth co.

1961 - Albright Art Gallery renomeada Albright Knox Art Gallery

1923 - casa-se com Helen Northrup. Helen se formou na Albright Art School.

Helen se formou na Albright Art School.

1923 Os recém-casados ​​mudam-se para a mansão recém-construída atrás do # 806 em # 57 Oakland Place.

  • Seymour H., III
    1926-1990
  • Northrup
    1928-1998
    (Os irmãos trazem os Sabres e o hóquei da NHL para Buffalo em 1970)

O De ascendência escocesa-irlandesa, Seymour Horace Knox nasceu em 1861 em Russell, Condado de Saint Lawrence, Nova York, filho de James Horace Knox, um fazendeiro, e sua esposa, a ex-Jane E. McBrier. O avô de James lutou na Revolução. O primeiro desses Knoxes na América, William, veio de Belfast para Massachusetts em 1737.

Seymour frequentou a escola distrital e, aos quinze anos, embora nunca tivesse frequentado o ensino médio, começou a lecionar sozinho. Aos dezessete anos, ele se mudou para Hart, Michigan, onde por alguns anos trabalhou como balconista. Então ele partiu para Reading, onde em sociedade com seu primo, Frank W Woolworth, ele abriu uma loja de cinco centavos que faliu. Inabalável, o jovem Knox estabeleceu o mesmo tipo de operação em Newark, New Jersey. Isso teve sucesso, mas Knox mais uma vez se esgotou e com Woolworth formou a Woolworth & amp Knox em Erie.

Com sucesso aqui, Knox veio para Buffalo em 1890, onde abriu duas lojas, uma na Main e outra na William Street, que seria conhecida como S. H. Knox. Woolworth expandiu seu império usando parceiros para organizar pontos de venda únicos. Assim, ele poderia minimizar suas próprias despesas. Em 1912, no entanto, ele fundiu seus rivais, incluindo S. H. Knox, em uma empresa que, com o tempo, ostentava 596 lojas em todo o mundo. Sua sede ficava no Woolworth Building, um arranha-céu de US $ 13 milhões na parte inferior da Broadway em Nova York construído em 1913. A nova empresa, F. W. Woolworth, foi capitalizada em US $ 65 milhões. Além de sua grande participação neste empreendimento gigantesco, Knox foi nomeado primeiro vice-presidente. Ele também se tornou um jogador importante nos negócios da Marine National ao comprar a participação de Stephen Clement em 1913.

Grace Millard, esposa de Seymour, eu

K nox se casou em junho de 1890, ano em que veio para Buffalo:

A Sra. Knox era a ex-Grace Millard de Detroit, filha de Charles e Sarah Avery Millard. Para alguns de seus amigos, a Sra. Knox confidenciou a história de seu romance com o jovem com quem ela iria chegar à riqueza. Ela lembrou a esses amigos que uma viagem a Buffalo resultou em seu encontro com o Sr. Knox. Ela fazia parte de um grupo de garotas que vieram aqui de férias curtas, uma das garotas conhecia o Sr. Knox e ele divertia o grupo.

Especialmente atraído por Grace Millard, ele a viu com frequência durante sua estada aqui e não foi muito depois da visita que eles se casaram em Detroit e voltaram aqui para fazer seu lar. Seus pais a seguiram, chegando aqui pouco antes de o Sr. Knox abrir sua primeira loja Buffalo no antigo Palace Arcade perto de Lafayette Square no início de 1880 [leia 1890]. - Buffalo Evening News, 31 de agosto de 1936

A primeira casa dos recém-casados ​​foi # 414 Porter Avenue em 1896 eles estavam em # 467 Linwood e em 1904 o diretório da cidade os listava em # 1049 Delaware [agora # 1035].

Seymour, eu e a família de Grace Millard

O censo de 1905 descreve esta família:

  • Seymour H. Knox 44
  • Graça Esposa Knox 40
  • Dorothy Filha de Knox 9 na escola
  • Seymour Filho de Knox 7 na escola
  • Marjorie Filha de Knox 5 na escola
  • Os domésticos eram Bertha Dengler 40 empregada, Florence Heath 40 empregada [e sobre o estábulo] Damon Sherman cocheiro, Kate Damon 25 esposa.

O mais velho dos filhos Knox, Gracia, nascido em 1893, morreu na segunda infância, Dorothy Virginia, casou-se com Frank Goodyear Jr. e depois com Edmund Rogers o terceiro, Marjorie, casou-se com J. Hazard Campbell e, após sua morte, Benjamin Klopp, e morreu em 1980 e o quarto, Seymour H. Knox II, nascido em 1898, casou-se com Helen Northrup.

Seymour Knox, eu, morreu em 1915, aos 54 anos. Em 1918, sua viúva mudou-se da casa baronial que seu marido construiu em 1904 para uma magnífica mansão na # 806.

UMA A morte da Sra. Seymour Knox em 1936, uma escritora que relembrou um estilo de vida que dificilmente foi afetado pela Depressão:

. A principal alegria da Sra. Knox eram seus muitos amigos. Ela raramente queria ficar sozinha - seu grande desejo era estar cercada por seus íntimos e seus filhos e netos. A época do Natal na enorme mansão da avenida sempre foi uma época particularmente feliz para seus filhos. Seymour Knox Jr., a Sra. J. Hazard Campbell e a Sra. Edmund P Rogers, da cidade de Nova York e Buffalo, fizeram questão de voltar para casa para a celebração festiva em que estiveram presentes também a Sra. Knox Jr., o Sr. Campbell e o Sr. Rogers e seus filhos.

Seus filhos sempre estiveram por perto. Mr. & Mrs. Campbell living with her Mrs. Rogers owning a home two doors away at Summer street and Delaware avenue and living there until the time of the death of her husband, Frank H. Goodyear, and her son and his wife live in Oakland place.

Mrs. Knox's magnificent summer place in East Aurora has in the last few years become the rendezvous for her children. As each one married, she built a charming home on the land for the couple and the original home has become the guesthouse. Mrs. Rogers, who has made her home in New York City since 1931, joins them here each year.

Mrs. Knox had a track of her own and fine stables in East Aurora. Her love of fine horses was fostered by her husband and for some time she had been vitally interested in the polo team headed by her son, Seymour. When an English team came over last year to play against them, Mrs. Knox entertained for the poloists.

At the time of the Peace Bridge opening ten years ago, Mrs. Knox had a large luncheon in her Delaware avenue home and among the notable guests were Vice President Charles G. Dawes, Premier and Mrs. Stanley Baldwin of England, and Secretary of State and Mrs. Frank B. Kellogg. When Lady Burley of England was in town as the guest of Mrs. Norman E. Mack, Mrs. Knox entertained for the out of-of-town guests. Mrs. Knox's entertainments were not so much for out-of-town people, however, as much as they were for her many Buffalo friends.

The ballroom, with mirrors lining the walls and ceiling is only one of the sumptuously furnished rooms in the large house. The drawing room, library and living rooms of the home, furnished in Empire style with much gilt framework and red brocaded upholstery, combine stateliness with comfortable hominess. Crystal chandeliers reflect the lights in each room.

Travel was balm for Mrs. Knox after the death of her husband and she was heard to remark recently, "If I were 45 today, there would not be a place in the world that I wouldn't see." She has motored all over Europe, traveled in the Orient and over this continent. She has a particular fondness for Pasadena, Cal. Her charities were extensive but she preferred to keep them quiet. -- Obituaries of Mrs. Knox in 1936 in the Buffalo News e a Courier Express.

eu n 1927 Marjorie Knox married J. Hazard Campbell, born in 1900 in Providence, Rhode Island, a descendant of Oliver Hazard Perry, the victor at the Battle of Lake Erie in the War of 1812. Campbell was cruise director for a steamship line and met Marjorie aboard ship. They wed at the end of the cruise and returned to Buffalo where they lived at #806 and at Willardshire Road next to the East Aurora estate of Seymour Knox, II. Campbell went to work at Marine, now a family bank.

On August 23, 1938, Campbell and Lieutenant Commander Frank Hawks, a famous speed flyer, were killed in a crash just after takeoff in a small plane made by a company of which Hawks was vice-president and for which he was seeking Campbell's backing. The tragedy was witnessed from Edmund Rogers' polo field by Marjorie and two of their children. Hazard was the second son-in-law of Seymour Knox, I, to have died violently."

The widowed Marjorie returned to her former home at #806. In 1948 she married Benjamin Klopp, Buffalo native, Lafayette High graduate, World War I veteran, and partner in Phillips Brothers Basket Company. He was also associated with Niagara Falls Power Company and Sterling Engine. His first wife, who died in 1948, was Else Helen Schmidt (her middle name came from her mother, born Helen Johanna Maria, daughter of Jacob Schoellkopf), niece of power company president Jacob Schoellkopf. The Klopps lived at #806 until Marjorie's death in 1971.

S eymour H. Knox, II, was born in Buffalo in 1898. He attended Nichols and the Hotchkiss School in Connecticut. Graduating from Yale in 1920 he needed merely to fold into the family business. Since college he was identified with Marine Trust, of which he became director in 1921, vice-president in 1926, and chairman 1943-1970, when construction began on Marine's thirty-eight story building straddling lower Main Street. He joined the F. W Woolworth board in 1926 and was chairman from 1943 until reaching the mandatory retirement age forty-five years later in 1971.

At various times he was director of the New York Central and of Penn Central when it went bankrupt in1970, American Steamship Company, Hewitt-Robins, and Niagara Share. Like his father, who had bred champion trotters and pacers at his rambling East Aurora estate, the son, known as "Shorty," was a polo enthusiast. He led his Aurora team to the United States Championship in 1932 and later won a tournament in Europe and toured South America. His ranking as a seven-goal handicap player was one of his proudest boasts. He was a top squash player and invited the best to compete with him at East Aurora where he raised Angus Aberdeen cattle. His clubs included Buffalo Country, East Aurora Country, Park, Buffalo Tennis and Squash, and Yale.

Abandoning polo in the 1960s, Knox turned toward art. Conger Goodyear had talked him into pouring millions into avant guard works and donating them to public art museums. In the 1950s, with the advice of Gordon Smith, director of the Albright, Knox began buying for the gallery the works, then modestly priced, of Abstract Expressionist painters. In 1961 the Albright became the Albright-Knox. Knox encouraged younger artists as well as "old masters" of modern art like Picasso, Gauguin, and Giacometti. He was also a major benefactor of U.B., a longtime member of its council, and its chairman 1949-1969.

Helen Northrup: In 1923 Seymour H. Knox, II, married Helen Northrup, born in Buffalo in 1902, daughter of Louis G. and Sara E. Northrup of Buffalo. Helen graduated from Lafayette High and the Albright Art School in Buffalo. It was a marriage of likes since Helen loved horses, was an accomplished rider prominent in the Genesee Valley Hunt, played excellent tennis, and shared her husband's passion for the arts.

The newlyweds moved into the recently completed mansion behind #806 on #57 Oakland Place. They had two sons, Seymour H., III, born in Buffalo in 1926, and Northrup, born in Buffalo in 1928. Both grew up at #57 Oakland, though the family owned a summer home in East Aurora and a winter retreat in Aiken, South Carolina. They followed the example of their father in business, sports, the arts, and community service. Together they brought the Sabres hockey team to Buffalo in 1969..

Helen Knox died in 1971 Seymour, III, in 1990,

Northrup died in 1998 Northrup's widow, Lucetta Crisp, died in 2008.

C hen Marjorie Klopp died in 1971, #806 (later #800) went on the market. The total destruction of the Montefiore Club in 1969 made officers think of #806 as a replacement. They approached Seymour Knox, II, and intimated that for a reduced price they would be glad to rechristen the club Montefiore-Knox. He brushed the hint aside but sold the building anyway.

The club went bankrupt in 1977. The need to build athletic facilities and a furnace house had overtaxed club revenues. Previously #806 Delaware and #57 Oakland had been heated by the same unit, which with the sale went with #57 Oakland.

In 1978 three companies acquired three Avenue mansions as quality corporate headquarters.

  • Número 690 Delaware, the old Pratt place, went to Niagara Trading
  • #806 was sold to Computer Task Group
  • #891, the Orin Foster mansion, was obtained by De Rose Food Brokers.

UMA Courier-Express writer noted that "all three houses were built with rich, expensive materials which are not commonly used today," and pointed out that, "the imported marbles and hardwoods of these homes could only be acquired now - if at all - at a price many times the original cost" (C-E, August 25, 1978.)

These purchases pleased a scarcely revolutionary local group whose slogan was "Save the Mansions! " Later a News writer recalled that Dr. Charles Battista in 1974 prevented IBM from demolishing three buildings on the 800 block of Delaware Avenue to erect what the writer described as "a god-awful piece of garbage to stick in the middle of a pristine block" (BEN, July 3, 1999.)

o Lendo , Pa. store opened Sept. 20th, 1884 [and] was a success from the beginning, where opening day sales totalled $209.20. So successful, in fact, that the inventory was valued at $1,531, and the end of the first week total sales were $1,517.

Newark was a disaster for the two cousins [Knox and Woolworth]. When they partnered in their next launch in Erie, it was also successful and helped them buy out of the lease they had in Newark.

In a bid to branch out on his own, away from cousin Frank Woolworth, he [Knox] had opened at store on Sept. 17th 1887 in Lockport along with his partner (and cousin) Edwin McBrier. In his travels back and forth he was intrigued by Buffalo's potential and partnered with Frank Woolworth in the first Búfalo store, opened at 409 Main St., on October 13th, 1888. The second Buffalo store was opened at 549 William St. on June 20th, 1891. These two stores would be moved to other addresses on the same streets, but the dates above were the original openings.


Published works

  • Report and Recommendations of a Board Appointed by the Bureau of Navigation Regarding the Instruction and Training of Line Officers, by Dudley W. Knox, Ernest J. King, and William S. Pye. (1920)
  • The Eclipse of American Sea Power (1922)
  • The Naval Genius of George Washington with a foreword by Admiral Hilary P. Jones. (1932)
  • Naval Documents Related to the Quasi-War between the United States and France, 1798–1800 Seven volumes. Published under direction of the Secretary of the Navy. Prepared by the Office of Naval Records and Library, Navy Department, under the supervision of Captain Dudley W. Knox, U.S. Navy (ret.), with an introduction by President Franklin D. Roosevelt. (1935–1939)
  • A History of the United States Navy, with an introduction by William L. Rodgers (1936) revised with a foreword by Chester W. Nimitz (1948, 2006)
  • Naval Documents Related to the United States Wars with the Barbary Powers Six volumes. Published under direction of the Secretary of the Navy. Prepared by the Office of Naval Records and Library, Navy Department, under the supervision of Captain Dudley W. Knox, U.S. Navy (ret.). (1939–1944)
  • Naval sketches of the war in California reproducing twenty-eight drawings made in 1846–47, by William H. Meyers descriptive text by Capt. Dudley W. Knox introduction by Franklin D. Roosevelt (1939)
  • Carte de la partie de la Virginie où l'armée combinée de France & des Etats-Unis de l'Amérique a fait prisonnière l'Armée anglaise, commandée par Lord Cornwallis le 19 octbre. 1781: avec le plan de l'attaque d'York-town & de Glocester, levée et dessinée sur les lieux par ordre des officiers genx. de l’Armée française & américaine / à Paris, ches Esnauts et Rapilly. (1945)
  • Dudley Wright Knox: A Register of his Papers in the Library of Congress (1971)


Assista o vídeo: FOLLOW THE LEADER w. Johnny Knoxville - Dudesons In America - Episode 1 (Janeiro 2022).