Podcasts de história

Chase DE 158 - História

Chase DE 158 - História


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

II
(DE-158: dp. 1.400; 1. 306'1 "b. 36'10" dr. 9'6 "; s. 24 k .;
cpl. 186; uma. 3 3 ", 3 21" tt., 8 dcp, 1 dep. (Hh.), 2 act .; cl.
Buckley)

Chase (DE-158) foi lançado em 24 de abril de 1943 pelo Norfolk Navy Yard, patrocinado pela Sra. J. V. Chase; e comissionado em 18 de julho de 1943, o Tenente Comandante V. B. Steadecker, USNR, no comando.

Entre 14 de setembro de 1943 e 23 de novembro de 1944, Chase escoltou seis comboios transatlânticos entre Nova York e Norfolk e portos do Norte da África. Durante sua segunda travessia, ao se aproximar de Bizerte em 20 de abril de 1944, Chase atirou contra bombardeiros torpedeiros inimigos, expulsando-os, depois resgatou sobreviventes de natação de três navios mercantes torpedeados. Durante a passagem de retorno, Chase juntou-se à busca do submarino que torpedeou Flechteler (DE-157) em 5 de maio, e resgatou 52 sobreviventes do naufrágio.

Chase foi reclassificado como APD-54 em 24 de novembro de 1944 e, com a conversão concluída, partiu de Boston em 4 de fevereiro de 1945 para as águas do Pacífico. Ela chegou a Ulithi em 18 de março e, no dia seguinte, partiu para a operação de Okinawa, navegando com o grupo programado para simular um desembarque na costa sul da ilha como um desvio dos ataques principais. Esse desvio recebeu mais atenção das aeronaves inimigas do que os pousos principais, quando fizeram sua demonstração em 1º de abril. Chase se juntou à labareda de fogo antiaéreo que afastou o inimigo, então se moveu para o norte para se juntar à tela anti-submarina que protegia os pousos. Além de duas breves viagens a Guam e Ulithi, Chase continuou no perigoso dever de patrulhar ao largo de Okinawa até 20 de maio. Em 20 de maio, Chase disparou com sucesso em um kamikaze de mergulho, mas teve que manobrar violentamente para evitar a queda da nave. Ele espirrou a escassos 10 metros do navio, e a explosão das duas bombas que carregava rasgou o casco de Chase, inundando o motor e as salas de incêndio. Com a direção emperrada no leme esquerdo rígido, Chase dirigiu outro avião suicida. Listando tão mal a ponto de correr o risco de virar, Chase foi mantido à tona pelo trabalho habilidoso de sua tripulação e rebocado para Kerama Retto para reparos. Mais tarde, ela foi rebocada pelo Pacífico para San Diego, chegando em 11 de outubro. Aqui, ela foi desativada em 15 de janeiro de 1946 e vendida em 13 de novembro de 1946.

Chase recebeu duas estrelas de batalha pelo serviço prestado na Segunda Guerra Mundial.


Chevy Chase vs. 'Comunidade': uma breve história de Chevy Chase sendo um idiota

Neste fim de semana, surgiram relatos de uma rixa entre o criador da Comunidade Dan Harmon e uma das estrelas do show, Chevy Chase. Como Chase disse ao The Huffington Post sobre seu papel na Comunidade, "provavelmente não estarei por aí por muito mais tempo."

Eu quero gostar de Chevy Chase. Sinto-me muito nostálgico em relação a seus filmes - do original National Lampoon's Vacation a filmes ainda menos bem-sucedidos como Seems Like Old Times - mas, cara, ele torna isso difícil. O problema é que Chevy Chase é conhecido por ser "difícil". Teria sido bom se Chase abordasse seu papel na Comunidade com algum arrependimento sobre o comportamento passado e um pouco de autorrealização? Sim, claro. Infelizmente, isso não era para ser.

A palavra "difícil" tem sido usada com tanta frequência nos últimos dias como uma forma de descrever Chase, que pode ser hora de um curso de atualização sobre o que exatamente isso significa. Agora, isso não quer dizer que Harmon não receba sua parte justa da culpa - repreender Chase em público, com a família de Chase presente, parece um golpe baixo - mas, bem, Chase tem uma história. Especialmente quando se trata de outra série da NBC, Saturday Night Live.

Live From New York, a ainda excelente história oral de Saturday Night Live, de Tom Shales e James Miller, pinta um quadro feio da estrela sitiada ao longo de 37 anos. Usando esse livro como fonte, aqui está uma breve história de Chevy Chase sendo um idiota no SNL.

· Chevy Chase foi a estrela da primeira temporada do Saturday Night Live. Após a primeira temporada completa de Chase, ele saiu e foi substituído por Bill Murray. Quando Chase voltou a ser o apresentador na terceira temporada do programa, não era exatamente o que se chamaria de um retorno bem-vindo. John Belushi incitou Murray a confrontar Chase antes do show começar, resultando no que pode ou não ter sido uma briga violenta (dependendo de quem está contando a história).

· O diretor John Landis, que estava lá naquela noite, relembrou uma das maiores críticas já faladas: "Eu não conheço Bill Murray, mas ele está gritando, você sabe, espumando pela boca, 'Chevy fodido', e com raiva ele diz: 'Talento médio!' "

· Jane Curtin assumiu "Weekend Update" depois que Chase deixou o show. Quando Chase voltou para o host, ele também sentiu que deveria ter seu papel no "Update" de volta. Curtin lembrou: "Chevy começou a dizer que deveria fazer 'Update' naquela semana, e eu disse tudo bem, e então ele passou por toda essa coisa sobre como seus fãs queriam vê-lo." Chase também disse a Curtin que achava as mulheres sem graça.

· Chase estava em seu pior momento quando apresentou o show em 16 de novembro de 1985 - que por acaso foi apenas o segundo de Lorne Michaels como produtor após um hiato de cinco anos.

Terry Sweeney, que foi o primeiro membro do elenco abertamente gay na história do show, chamou Chase de "monstro".

De acordo com Sweeney, Chase apresentou um esboço de onde Sweeney teria AIDS e seria pesado todas as semanas. (Caramba!) Mais tarde, Chase se desculpou, mas Sweeney se lembrou: "Ele estava realmente furioso por ter que se desculpar comigo. Ele estava fora de si. E foi horrível. Ele agiu horrivelmente comigo. Ele agiu horrivelmente com todos. "

· Jon Lovitz apoiou a afirmação de Sweeney, "Então Chevy olha para Terry Sweeney e diz, 'Você é gay, certo?' Terry disse: 'Sim, o que você gostaria que eu fizesse por você?' Chevy disse: 'Bem, você pode começar lambendo minhas bolas'. "Chase estava com um comportamento tão ruim naquela semana que o elenco começou a se esconder dele.

· Chase foi apresentado novamente em 7 de outubro de 1995. Tim Meadows, um membro do elenco equilibrado e de longa data, lembrou que Chase era um "espertinho" e suas interações com as pessoas eram semelhantes a testemunhar um "acidente de carro"

"Ele não se importou com o que disse", disse Meadows. "Ele não teve escrúpulos em dizer que você é um idiota."

· Chase apresentou pela última vez em 15 de fevereiro de 1997. Ele não impressionou um jovem membro do elenco do programa na época com o nome de Will Ferrell. "O pior anfitrião foi Chevy Chase", admitiu Ferrell em Live From New York. "Eu não sei se ele estava em algo, mas ele estava apenas andando pela sala e sistematicamente riffs. Primeiro foi nos caras, brincando de brincadeira, até que, quando ele encontrou uma de nossas escritoras, ele fez alguma referência como, 'Talvez você possa me dar um trabalho manual mais tarde.' Em retrospecto, gostaria que todos nós tivéssemos nos levantado e saído da sala. "

Ferrell concluiu: "Eu acho que você encontrará um consenso sobre a coisa do Chevy Chase."


Família e infância

Maria Antonieta nasceu em 2 de novembro de 1755, em Viena, Áustria.

Maria Antonieta foi o décimo quinto e penúltimo filho de Maria Teresa, imperatriz da Áustria, e do Sacro Imperador Romano Francisco I. Ela viveu uma infância relativamente despreocupada. A educação de Maria Antonieta nos anos 2019 era típica de uma garota aristocrática do século 18 e focava principalmente em princípios religiosos e morais, enquanto seus irmãos estudavam assuntos mais acadêmicos.

Com a conclusão da Guerra dos Sete Anos em 1763, a preservação de uma frágil aliança entre a Áustria e a França tornou-se uma prioridade para a Imperatriz Maria Theresa. Cimentar alianças por meio de conexões matrimoniais era uma prática comum entre as famílias reais europeias da época.


JPMorgan Chase & amp Co. JPM (EUA: NYSE)

JPMorgan Chase & amp Co. é uma holding financeira. Oferece serviços financeiros e de banco de investimento. A empresa oferece uma gama de produtos e serviços de banco de investimento em todos os mercados de capitais, incluindo assessoria em estratégia e estrutura corporativa, levantamento de capital em mercados de ações e dívidas, gestão de risco, formação de mercado em títulos em dinheiro e instrumentos derivativos, corretagem e pesquisa. Atua por meio dos seguintes segmentos: Consumer and Community Banking, Corporate and Investment Bank, Commercial Banking e Asset and Wealth Management. O segmento de Consumer and Community Banking atende consumidores e empresas por meio de atendimento pessoal em agências bancárias e por meio de caixas eletrônicos, serviços bancários online, móveis e por telefone. O segmento de Banco Corporativo e de Investimento oferece um conjunto de bancos de investimento, criação de mercado, corretagem de primeira linha e produtos e serviços de tesouraria e valores mobiliários para uma base global de clientes de empresas, investidores, instituições financeiras, governos e entidades municipais. O segmento de banco comercial oferece serviços aos Estados Unidos e seus clientes multinacionais, incluindo empresas, municípios, instituições financeiras e entidades sem fins lucrativos. Também fornece financiamento para investidores e proprietários imobiliários, bem como soluções financeiras, incluindo empréstimos, serviços de tesouraria, banco de investimento e gestão de ativos. O segmento de Asset and Wealth Management fornece serviços de gestão de ativos e fortunas. A empresa foi fundada em 1968 e está sediada em Nova York, NY.

Pessoas-chave JPMorgan Chase & amp Co.

Conselho Administrativo

James Dimon Presidente e CEO JPMorgan Chase Bank NA (Reino Unido), Catalyst, Inc., JPMorgan Chase & amp Co., The Partnership for New York City, Harvard Business School, Escola de Medicina da Universidade de Nova York, Universidade de Chicago, NYU Elaine A. & amp Kenneth G Langone Medical Center, The Business Roundtable, JPMorgan Chase Bank, NA (Gestão de Investimentos), JPMorgan Chase Bank, NA (Nova York)
Virginia M. Rometty Diretora Memorial Sloan-Kettering Cancer Center (Gestão de Investimentos), JPMorgan Chase & amp Co., American Productivity & amp Quality Center, Inc., Northwestern University, Technology Ceo Council
Phebe N. Novakovic Diretor General Dynamics Mission Systems, Inc., Ford & # 39s Theatre Society, JPMorgan Chase & amp Co., JP Morgan Chase Bank NA, Greater Washington Partnership, General Dynamics Corp., Congressional Medal of Honor Foundation, Aerospace Industries Association, The Kennedy Center Corporate Fund
James Schine Crown Diretor Independente JPMorgan Chase Bank NA (Reino Unido), General Dynamics Corp., JPMorgan Chase & amp Co., Chicago Symphony Orchestra Association, The Aspen Institute, Inc., Centro Médico da Universidade de Chicago, Henry Crown & amp Co., World Business Chicago, The Universidade de Chicago, JPMorgan Chase Bank, NA (Nova York), The Museum of Science & amp Industry, The Orchestral Association
Stephen B. Burke Diretor Independente Principal JPMorgan Chase Bank NA (Reino Unido), The Children & # 39s Hospital of Philadelphia, JPMorgan Chase & amp Co., Berkshire Hathaway, Inc., The Children & # 39s Hospital of Philadelphia Foundation, JPMorgan Chase Bank, NA (Nova York)
Timothy Patrick Flynn Diretor Independente JPMorgan Chase Bank NA (Reino Unido), YMCA of Greater New York, JPMorgan Chase & amp Co., University of St. Thomas (Minnesota), Walmart, Inc., UnitedHealth Group, Inc., Relativity ODA LLC, JPMorgan Chase Bank, NA (Nova york)
Linda B. Bammann Diretora Independente JPMorgan Chase Bank NA (Reino Unido), JPMorgan Chase & amp Co., JPMorgan Chase Bank, NA (Nova York)
Michael A. Neal Diretor Independente JPMorgan Chase Bank NA (Reino Unido), JPMorgan Chase & amp Co., Georgia Tech Foundation, Inc.
Todd Anthony Combs Diretor Independente JPMorgan Chase Bank NA (Reino Unido), Precision Castparts Corp., JPMorgan Chase & amp Co., JPMorgan Chase Bank, NA (Nova York), Charter Brokerage LLC
Mellody Louise Hobson Diretora Independente The Sundance Institute, Quibi Holdings LLC, The Economic Club of Chicago, Museum Associates, Investment Company Institute, Starbucks Corp., After School Matters, Inc., Ariel Investment Trust, Ariel Capital Management Holdings, Inc., Lucas Museum of Narrative Art, World Business Chicago, George Lucas Family Foundation, The Chicago Public Library, The Field Museum of Natural History, The Chicago Public Education Fund, National Association of Securities Professionals, JPMorgan Chase & amp Co., The George Lucas Educational Foundation

Todos os Executivos

Taxas médias de crescimento JPMorgan Chase & amp Co.

Últimos cinco anos que terminam em 31/12/2020 (ano fiscal)

Insider Trading JPMorgan Chase & amp Co.

Resumo da transação: Total de compras e vendas internas informadas à SEC

Transações internas mais recentes de junho de 2020 a maio de 2021

01/19/21 James Schine Crown Diretor 1795 Prêmio de $ 139,26 por ação 249,972
01/19/21 Stephen B. Burke Diretor 1795 Prêmio de $ 139,26 por ação 249,972
01/19/21 Mellody Louise Hobson Diretora 1795 Prêmio de $ 139,26 por ação 249,972
01/19/21 Linda B. Bammann Diretora 1795 Prêmio de $ 139,26 por ação 249,972
01/19/21 Timothy Patrick Flynn Diretor 1795 Prêmio de $ 139,26 por ação 249,972
01/19/21 Michael A. Neal Diretor 1795 Prêmio de $ 139,26 por ação 249,972
01/19/21 Todd Anthony Combs Diretor 1795 Prêmio de $ 139,26 por ação 249,972
01/19/21 Virginia M. Rometty Diretora 1795 Prêmio de $ 139,26 por ação 249,972
01/19/21 Phebe N. Novakovic Diretor 1795 Prêmio de $ 139,26 por ação 249,972
01/13/21 Gordon A. Smith Co-Presidente e COO, CEO CCB 25724 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
01/13/21 Gordon A. Smith Co-Presidente e COO, CEO CCB 31705 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
01/13/21 Mary Callahan Erdoes CEO Gestão de ativos e patrimônio 25056 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
01/13/21 Mary Callahan Erdoes CEO Gestão de ativos e patrimônio 29467 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
01/13/21 Daniel E. Pinto Co-Presidente e COO, CEO CIB 12696 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
01/13/21 Daniel E. Pinto Co-Presidente e COO, CEO CIB 12736 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
01/13/21 Douglas B. Petno CEO Commercial Banking 15034 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
01/13/21 Douglas B. Petno CEO Commercial Banking 17904 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
01/13/21 Marianne Lake Vice-presidente executiva 17038 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
01/13/21 Marianne Lake Vice-presidente executiva 21261 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
01/13/21 Ashley Bacon Chief Risk Officer 14561 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
01/13/21 Ashley Bacon Chief Risk Officer 16887 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
01/13/21 Stacey Friedman Conselheira Geral 12361 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
01/13/21 Stacey Friedman Conselheira Geral 14920 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
01/13/21 Lori A. Beer Chief Information Officer 5012 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
01/13/21 Lori A. Beer Chief Information Officer 9325 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
01/13/21 Robin Leopold Chefe de Recursos Humanos 2450 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
01/13/21 Robin Leopold Chefe de Recursos Humanos 4663 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
01/13/21 Peter L Scher Vice-presidente executivo 5568 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
01/13/21 Peter L Scher Vice-presidente executivo 7833 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
01/13/21 Nicole Giles Controladora Corporativa 3029 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
01/13/21 Nicole Giles Controladora Corporativa 5272 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
01/13/21 Jennifer A. Piepszak Diretora Financeira 8909 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
01/13/21 Jennifer A. Piepszak Diretora Financeira 16412 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
01/29/21 Douglas B. Petno CEO Commercial Banking 22011 Disposição a $ 129,84 por ação 2,857,908
01/19/21 Gordon A. Smith Co-Presidente e COO, CEO CCB 40184 Disposição a $ 138,77 por ação 5,576,334
01/19/21 Mary Callahan Erdoes CEO Gestão de ativos e patrimônio 13270 Disposição a $ 138,77 por ação 1,841,478
01/19/21 Marianne Lake Vice-presidente executiva 9481 Disposição a $ 138,75 por ação 1,315,489
01/19/21 Ashley Bacon Chief Risk Officer 8400 Disposição a $ 138,76 por ação 1,165,584
01/19/21 Stacey Friedman Conselheira Geral 16652 Disposição a $ 138,77 por ação 2,310,798
01/19/21 Nicole Giles Controladora Corporativa 3154 Disposição a $ 138,75 por ação 437,618
01/19/21 Jennifer A. Piepszak Diretora Financeira 12881 Disposição a $ 138,76 por ação 1,787,368
01/13/21 Gordon A. Smith Co-Presidente e COO, CEO CCB 28339 Trans. Derivado / não derivado a $ 139,44 por ação 3,951,590
01/13/21 Mary Callahan Erdoes CEO Gestão de ativos e patrimônio 27982 Trans. Derivado / não derivado a $ 139,44 por ação 3,901,810
01/13/21 Daniel E. Pinto Co-presidente e COO, CEO CIB 11954 Trans. Derivado / não derivado a $ 139,44 por ação 1,666,866
01/13/21 Douglas B. Petno CEO Commercial Banking 16494 Trans. Derivado / não derivado a $ 139,44 por ação 2,299,923
01/13/21 Marianne Lake Vice-presidente executiva 19335 Trans. Derivado / não derivado a $ 139,44 por ação 2,696,072
01/13/21 Ashley Bacon Chief Risk Officer 14647 Trans. Derivado / não derivado a $ 139,44 por ação 2,042,378
01/13/21 Stacey Friedman Conselheira Geral 13483 Trans. Derivado / não derivado a $ 139,44 por ação 1,880,070
01/13/21 Lori A. Beer Chief Information Officer 6594 Trans. Derivado / não derivado a $ 139,44 por ação 919,467
01/13/21 Robin Leopold Chefe de Recursos Humanos 2759 Trans. Derivado / não derivado a $ 139,44 por ação 384,715
01/13/21 Peter L Scher Vice-presidente executivo 5330 Trans. Derivado / não derivado a $ 139,44 por ação 743,215
01/13/21 Nicole Giles Controladora Corporativa 3178 Trans. Derivado / não derivado a $ 139,44 por ação 443,140
01/13/21 Jennifer A. Piepszak Diretora Financeira 12440 Trans. Derivado / não derivado a $ 139,44 por ação 1,734,634
02/05/21 Stacey Friedman Conselheira Geral 10000 Trans. Derivado / não derivado a $ 37,15 por ação 371,500
02/05/21 Stacey Friedman Conselheira Geral 13139 Trans. Derivado / não derivado a $ 46,58 por ação 612,015
02/02/21 Robin Leopold Chefe de Recursos Humanos 255 Presente de $ 0,00 por ação 0
02/05/21 Stacey Friedman Conselheira Geral 15640 Trans. Derivado / não derivado a $ 138,44 por ação 2,165,202
02/02/21 Robin Leopold Chefe de Recursos Humanos 255 Presente de $ 0,00 por ação 0
03/31/21 Stephen B. Burke Diretor 320 Prêmio de $ 152,23 por ação 48,714
03/31/21 Mellody Louise Hobson Diretora 230 Prêmio de $ 152,23 por ação 35,013
03/31/21 Timothy Patrick Flynn Diretor 255 Prêmio de $ 152,23 por ação 38,819
03/31/21 Michael A. Neal Diretor 213 Prêmio de $ 152,23 por ação 32,425
03/31/21 Virginia M. Rometty Diretora 189 Prêmio de $ 152,23 por ação 28,771
03/25/21 James Dimon Presidente e Diretor CEO 335430 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
03/25/21 Gordon A. Smith Co-Presidente e COO, CEO CCB 84223 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
03/25/21 Mary Callahan Erdoes CEO Gestão de ativos e patrimônio 82035 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
03/25/21 Daniel E. Pinto Co-Presidente e COO, CEO CIB 19522 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
03/25/21 Daniel E. Pinto Co-presidente e COO, CEO CIB 20509 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
03/25/21 Douglas B. Petno CEO Commercial Banking 49220 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
03/25/21 Marianne Lake Vice-presidente executiva 55784 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
03/25/21 Ashley Bacon Chief Risk Officer 47674 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
03/25/21 Stacey Friedman Conselheira Geral 40471 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
03/25/21 Lori A. Beer Chief Information Officer 16408 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
03/25/21 Robin Leopold Chefe de Recursos Humanos 8022 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
03/25/21 Peter L Scher Vice-presidente executivo 18230 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
03/25/21 James Dimon Presidente e Diretor CEO 178516 Trans. Derivado / não derivado a $ 151,15 por ação 26,982,693
03/25/21 Gordon A. Smith Co-Presidente e COO, CEO CCB 43081 Trans. Derivado / não derivado a $ 151,15 por ação 6,511,693
03/25/21 Mary Callahan Erdoes CEO Gestão de ativos e patrimônio 43659 Trans. Derivado / não derivado a $ 151,15 por ação 6,599,058
03/25/21 Daniel E. Pinto Co-Presidente e COO, CEO CIB 18816 Trans. Derivado / não derivado a $ 151,15 por ação 2,844,038
03/25/21 Douglas B. Petno CEO Commercial Banking 26195 Trans. Derivado / não derivado a $ 151,15 por ação 3,959,374
03/25/21 Marianne Lake Vice-presidente executiva 29689 Trans. Derivado / não derivado a $ 151,15 por ação 4,487,492
03/25/21 Ashley Bacon Chief Risk Officer 23814 Trans. Derivado / não derivado a $ 151,15 por ação 3,599,486
03/25/21 Stacey Friedman Conselheira Geral 21539 Trans. Derivado / não derivado a $ 151,15 por ação 3,255,620
03/25/21 Lori A. Beer Chief Information Officer 8733 Trans. Derivado / não derivado a $ 151,15 por ação 1,319,993
03/25/21 Robin Leopold Chefe de Recursos Humanos 4270 Trans. Derivado / não derivado a $ 151,15 por ação 645,411
03/25/21 Peter L Scher Vice-presidente executivo 8809 Trans. Derivado / não derivado a $ 151,15 por ação 1,331,480
04/19/21 Mellody Louise Hobson Diretora 660 Aquisição por $ 153,12 por ação 101,059
04/15/21 Mary Callahan Erdoes CEO Gestão de ativos e patrimônio 19188 Disposição a $ 150,90 por ação 2,895,469
04/15/21 Douglas B. Petno CEO Commercial Banking 11512 Disposição a $ 150,90 por ação 1,737,161
04/15/21 Marianne Lake Vice-presidente executiva 13047 Disposição a $ 150,90 por ação 1,968,792
04/15/21 Ashley Bacon Chief Risk Officer 11930 Disposição a $ 150,91 por ação 1,800,356
04/15/21 Stacey Friedman Conselheira Geral 16965 Disposição a $ 150,90 por ação 2,560,019
04/15/21 Lori A. Beer Chief Information Officer 15000 Disposição a $ 150,90 por ação 2,263,500
05/06/21 Mary Callahan Erdoes CEO Gestão de ativos e patrimônio 105143 Trans. Derivado / não derivado a $ 46,58 por ação 4,897,561
05/06/21 Mary Callahan Erdoes CEO Gestão de ativos e patrimônio 6370 Presente de $ 0,00 por ação 0
05/06/21 Mary Callahan Erdoes CEO Gestão de ativos e patrimônio 70368 Trans. Derivado / não derivado a $ 158,99 por ação 11,187,808
06/30/20 Lee R. Raymond Diretor 505 Prêmio de $ 94,06 por ação 47,500
06/30/20 Stephen B. Burke Diretor 492 Prêmio de $ 94,06 por ação 46,278
06/30/20 Mellody Louise Hobson Diretora 425 Prêmio de $ 94,06 por ação 39,976
06/30/20 Timothy Patrick Flynn Diretor 398 Prêmio de $ 94,06 por ação 37,436
06/30/20 Michael A. Neal Diretor 346 Prêmio de $ 94,06 por ação 32,545
06/30/20 Virginia M. Rometty Diretora 144 Prêmio de $ 94,06 por ação 13,545
07/15/20 Mary Callahan Erdoes CEO Gestão de ativos e patrimônio 24554 Disposição a $ 99,52 por ação 2,443,614
09/30/20 Lee R. Raymond Diretor 519 Prêmio de $ 96,27 por ação 49,964
09/30/20 Stephen B. Burke Diretor 506 Prêmio de $ 96,27 por ação 48,713
09/30/20 Mellody Louise Hobson Diretora 441 Prêmio de $ 96,27 por ação 42,455
09/30/20 Timothy Patrick Flynn Diretor 403 Prêmio de $ 96,27 por ação 38,797
09/30/20 Michael A. Neal Diretor 338 Prêmio de $ 96,27 por ação 32,539
09/30/20 Virginia M. Rometty Diretora 299 Prêmio de $ 96,27 por ação 28,785
10/25/20 Lori A. Beer Chief Information Officer 11138 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
10/25/20 Nicole Giles Controladora Corporativa 1857 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
10/25/20 Nicole Giles Controladora Corporativa 2790 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
10/25/20 Jennifer A. Piepszak Diretora Financeira 6497 Trans. Derivado / não derivado a $ 0,00 por ação 0
10/14/20 James Dimon Presidente e Diretor CEO 367377 Trans. Derivado / não derivado a $ 47,73 por ação 17,534,904
10/14/20 Daniel E. Pinto Co-presidente e COO, CEO CIB 75000 Trans. Derivado / não derivado a $ 44,29 por ação 3,321,750
10/14/20 Timothy Patrick Flynn Diretor 10000 Presente de $ 0,00 por ação 0
10/26/20 Douglas B. Petno CEO Commercial Banking 1971 Presente de $ 0,00 por ação 0
10/14/20 Timothy Patrick Flynn Diretor 10000 Presente de $ 0,00 por ação 0
10/26/20 Nicole Giles Controladora Corporativa 2281 Disposição a $ 100,98 por ação 230,335
10/26/20 Jennifer A. Piepszak Diretora Financeira 3297 Disposição a $ 101,11 por ação 333,360
10/25/20 Lori A. Beer Chief Information Officer 5928 Trans. Derivado / não derivado a $ 103,69 por ação 614,674
10/25/20 Nicole Giles Controladora Corporativa 2365 Trans. Derivado / não derivado a $ 103,69 por ação 245,227
10/25/20 Jennifer A. Piepszak Diretora Financeira 3458 Trans. Derivado / não derivado a $ 103,69 por ação 358,560
10/14/20 James Dimon Presidente e Diretor CEO 276725 Trans. Derivado / não derivado a $ 101,01 por ação 27,951,992
10/14/20 Daniel E. Pinto Co-presidente e COO, CEO CIB 52679 Trans. Derivado / não derivado a $ 101,01 por ação 5,321,106
11/24/20 Marianne Lake Vice-presidente executiva 15808 Disposição a $ 120,01 por ação 1,897,118
12/31/20 Lee R. Raymond Diretor 374 Prêmio de $ 127,07 por ação 47,524
12/31/20 Stephen B. Burke Diretor 364 Prêmio de $ 127,07 por ação 46,253
12/31/20 Mellody Louise Hobson Diretora 315 Prêmio de $ 127,07 por ação 40,027
12/31/20 Timothy Patrick Flynn Diretor 305 Prêmio de $ 127,07 por ação 38,756
12/31/20 Michael A. Neal Diretor 256 Prêmio de $ 127,07 por ação 32,530
12/31/20 Virginia M. Rometty Diretora 226 Prêmio de $ 127,07 por ação 28,718

Propriedade JPMorgan Chase & amp Co.

Fundos mútuos que possuem JPM

Vanguard Total Stock Market Index Fund 86128393 2.85% 151542 1.17% 04/30/21
Vanguard US Total Market Shares Index ETF 80813124 2.67% 80813124 1.14% 04/30/20
Fundo de índice Vanguard 500 62784083 2.07% 314697 1.32% 04/30/21
Série SPDR - Fundo SPDR do setor financeiro selecionado 32106742 1.06% 1156467 11.57% 05/28/21
SPDR S & ampP 500 ETF Trust 30954602 1.02% -408825 1.32% 05/28/21
Fidelity 500 Index Fund 28183607 0.93% 246186 1.32% 04/30/21
Fundo de pensão do governo - Global (The) 26685968 0.88% -279575 0.41% 12/31/20
Fundo de índice institucional Vanguard 24783549 0.82% -245816 1.32% 01/31/21
American Funds Income Fund of America 24592155 0.81% 24592155 3.77% 03/31/21
iShares Core S & ampP 500 ETF 23897383 0.79% -68438 1.32% 05/28/21

Instituições que possuem JPM

The Vanguard Group, Inc. 249841256 8.24% -223542338 1.09% 03/31/21
BlackRock Fund Advisors 130249989 4.30% 4077167 0.88% 03/31/21
Capital Research & amp Management Co. (Investidores mundiais) 82845612 2.70% 1531579 2.52% 12/31/19
Wellington Management Co. LLP 60245775 1.96% 2343802 1.55% 12/31/19
Fidelity Management & amp Research Co. LLC 49568275 1.61% 534076 0.87% 12/31/19
T. Rowe Price Associates, Inc. (Gestão de Investimentos) 48986238 1.59% 5862709 0.92% 12/31/19
Geode Capital Management LLC 44411768 1.45% 595401 1.29% 12/31/19
Massachusetts Financial Services Co. 33967982 1.11% -2274376 1.81% 12/31/19
Morgan Stanley Smith Barney LLC (Gestão de Investimentos) 32352394 1.07% -1675221 1.34% 03/31/21
Norges Bank (13F) 28038317 0.91% -2556565 1.09% 12/31/19

Provedores de notas e dados

Ações: As cotações de ações dos EUA em tempo real refletem as negociações informadas por meio da Nasdaq, apenas as cotações e o volume abrangentes refletem as negociações em todos os mercados e têm um atraso de pelo menos 15 minutos. Cotações de ações internacionais estão atrasadas conforme exigências do câmbio. Dados fundamentais da empresa e estimativas de analistas fornecidos pela FactSet. Copyright e cópia da FactSet Research Systems Inc. Todos os direitos reservados. Fonte: FactSet

Índices: As cotações do índice podem ser em tempo real ou atrasadas de acordo com os requisitos do câmbio, consulte os carimbos de data / hora para obter informações sobre quaisquer atrasos. Fonte: FactSet

Diário de Mercados: Os dados na página Visão geral dos EUA representam as negociações em todos os mercados dos EUA e atualizações até as 20h00 Consulte a tabela Diários de encerramento para as 16h00 dados de fechamento. Fontes: FactSet, Dow Jones

Movimentadores de estoque: Gainers, decliners e a maioria das tabelas de atividade do mercado de ativos são uma combinação das listagens da NYSE, Nasdaq, NYSE American e NYSE Arca. Fontes: FactSet, Dow Jones

ETF Movers: Inclui ETFs e ETNs de amp com volume de pelo menos 50.000. Fontes: FactSet, Dow Jones

Títulos: As cotações de títulos são atualizadas em tempo real. Fontes: FactSet, Tullett Prebon

Moedas: Cotações de moedas são atualizadas em tempo real. Fontes: FactSet, Tullett Prebon

Commodities & amp Futures: Os preços de futuros têm um atraso de pelo menos 10 minutos de acordo com os requisitos do câmbio. O valor da alteração durante o período entre a liquidação em viva voz e o início da negociação do dia seguinte é calculado como a diferença entre a última negociação e a liquidação do dia anterior. O valor de alteração durante outros períodos é calculado como a diferença entre a última negociação e a liquidação mais recente. Fonte: FactSet

Os dados são fornecidos "no estado em que se encontram" apenas para fins informativos e não se destinam a fins comerciais. FactSet (a) não oferece nenhuma garantia expressa ou implícita de qualquer tipo em relação aos dados, incluindo, sem limitação, qualquer garantia de comercialização ou adequação para um propósito ou uso específico e (b) não será responsável por quaisquer erros, incompletude, interrupção ou atraso, ação tomada com base em quaisquer dados, ou por quaisquer danos daí resultantes. Os dados podem ser atrasados ​​intencionalmente de acordo com os requisitos do fornecedor.

Fundos mútuos e ETFs de amp: Todas as informações sobre fundos mútuos e ETFs contidas neste display, com exceção do preço atual e histórico de preços, foram fornecidas pela Lipper, A Refinitiv Company, sujeitas ao seguinte: Copyright & copy Refinitiv. Todos os direitos reservados. Qualquer cópia, republicação ou redistribuição do conteúdo da Lipper, incluindo caching, framing ou meios semelhantes, é expressamente proibida sem o consentimento prévio por escrito da Lipper. A Lipper não será responsável por quaisquer erros ou atrasos no conteúdo, ou por quaisquer ações tomadas com base nele.

Criptomoedas: As cotações de criptomoedas são atualizadas em tempo real. Fontes: CoinDesk (Bitcoin), Kraken (todas as outras criptomoedas)

Calendários e economia: Os números 'reais' são adicionados à tabela depois que os relatórios econômicos são publicados. Fonte: Kantar Media


Outros produtos e serviços:

“Chase”, “JPMorgan”, “JPMorgan Chase,” o logotipo JPMorgan Chase e o símbolo Octagon são marcas registradas do JPMorgan Chase Bank, N.A. JPMorgan Chase Bank, N.A. é uma subsidiária integral da JPMorgan Chase & amp Co.

Investir envolve risco de mercado, incluindo possível perda de principal, e não há garantia de que os objetivos de investimento serão alcançados.

J.P. Morgan Wealth Management é uma empresa da JPMorgan Chase & amp Co., que oferece produtos e serviços de investimento por meio de J.P. Morgan Securities LLC (JPMS), corretor-distribuidor registrado e consultor de investimentos, membro da FINRA e SIPC. As anuidades são disponibilizadas através da Chase Insurance Agency, Inc. (CIA), uma agência de seguros licenciada, que faz negócios como Chase Insurance Agency Services, Inc. na Flórida. Certos serviços de custódia e outros são fornecidos pelo JPMorgan Chase Bank, N.A. (JPMCB). JPMS, CIA e JPMCB são empresas afiliadas sob o controle comum da JPMorgan Chase & amp Co. Produtos não disponíveis em todos os estados.

& quotChase Private Client & quot é a marca de uma oferta de produtos e serviços bancários e de investimento.

Contas de depósito bancário, como corrente e poupança, podem estar sujeitas à aprovação. Produtos de depósito e serviços relacionados são oferecidos pelo JPMorgan Chase Bank, N.A. Member FDIC.

  • Privacidade
  • Segurança
  • Termos de uso
  • Acessibilidade
  • Ajuda para proprietários de casas
  • Mapa do site
  • AdChoices
  • Membro FDIC
  • Credor de Habitação Igualitária

Registro de arquivo

A Chevy Chase Historical Society agradece aos muitos membros da família Newlands por seu generoso suprimento de fotografias e informações.

Dr. James Birney Newlands, 1807-1851
Nasceu em Edimburgo, Escócia
Morreu em Quincy, Illinois

Casado em 1832 (em 1855 casou-se com Eben Moore Jr., 1809-1866 nasceu no Maine, morreu de cólera em Washington, D.C.):

Jessie Barland, 1811-1879
Nasceu em Stormontfield, Escócia
Morreu em San Rafael, Califórnia

James e Jessie tiveram cinco filhos:

1. John B. Newlands, -1871
Nasceu em Troy, N.Y.
Ferido na guerra civil

2. James Newlands, 1837-1917 (?)
Nasceu em Troy, N.Y.
Morreu em Kentfield, Califórnia
Casou-se com Margaret A. Moore, 1839-1920
Cinco filhos

3. Anna E. Newlands, c.1842-?
Nasceu em Natchez, Miss.
Casou-se com o primeiro William H. Petty
Teve dois filhos
2o Charles L. Perkins

4. Dr. William Land Newlands
Nasceu em Natchez, Miss.
Cirurgião do Exército dos EUA
Casado em 1884 com Ada Johnson
Dois filhos

5. Francis Griffith Newlands "Frank", 1848-1917
Nasceu em Natchez, Miss.
Morreu em Washington, D.C.
Fundador e primeiro presidente (1890-1917) da Chevy Chase Land Company

Clara Adelaide Sharon, 1853-1882
Nasceu em San Francisco e morreu lá no nascimento de seu filho Sharon, que também morreu

Francis e Clara tiveram três filhas:

1. Edith Marian Newlands, 1875-1965
Nasceu em São Francisco, Califórnia
Morreu em Washington, D.C.
Casado de 1903-1915:
Charles Haven Ladd Johnston, 1878-1943
Nasceu e morreu em Washington, D.C.
Dois filhos:

a.) Francis Newlands Johnston, 1904-1996
Nasceu em Bush Hill, Mass.
Morreu em Comus, Md.
Casado: Janine Emma Schlagdenhauffen (1905-1996)
Nasceu em Le Havre, França
Morreu em Comus, Md.
Eles tiveram quatro filhos

b.) Alan Ladd Johnston, 1906-1968
Nasceu e morreu em Washington, D.C.

2. Janet Newlands, 1878-1965
Nasceu em São Francisco, Califórnia
Morreu em Chevy Chase, Md.
Casado em 1904:
Dr. William Bernard Johnston, 1876-1948
Nasceu em Washington, D.C.
Morreu em Reno, Nevada
Eles tiveram dois filhos:

a.) William Waring Johnston, 1907-1920
Morreu em Boston, Massachusetts.

b.) Janet Sharon Johnston, 1904-1994
Nasceu em Jamestown, R.I.
Morreu em Chevy Chase, Md.
Casado em 1936:
William Sharon Farr, 1903-1992
Nasceu em Oakland, Cal.
Morreu em Chevy Chase, Md.
Presidente da Chevy Chase Land Co., 1946-1972
Quatro crianças

3. Francis Clara Newlands, 1881-1907
Nasceu em São Francisco, Califórnia
Casado em 1905:
Waldemar Leopold von Bredow
Eles tiveram uma filha:

Friederike Frances Adelaide von Bredow, 1906-
Casado em 1927:
Alexander M.H.N. Strackwitz
Fotografado com seu avô, o senador Newlands c. 1911
Eles tiveram seis filhos

Em 1888, Francis Newlands casou-se com:

Edith McAllister, 1860-1939
Nasceu em São Francisco, Califórnia
Morreu em Washington, D.C.
Eles tiveram dois filhos:

a.) Hall McAllister Newlands, 1890-1892
b.) John Cutler Newlands, 1892-1893

8401 Connecticut Avenue, Suite 1010, Chevy Chase, Maryland 20815 | (301) 656-6141 | O email

A Chevy Chase Historical Society é parcialmente financiada pelo Arts and Humanities Council of Montgomery County.


O que é o país Cajun?

O país Cajun, ou Acadianas, é a região mais meridional da Louisiana. A área recebeu o nome dos Acadians franceses que se estabeleceram na área no século XVIII. The Acadians were originally exiled from Canada, coming down to Louisiana after being expelled during and after the French and Acadian War.

The term Acadiana was actually never supposed to be used to describe the area it was purely accidental. In 1963, the President of KATC, the Acadian Television Corporation, was attempting to find a good name for the regions surrounding Lafayette, much like ArkLaTex. The company received a misspelled invoice addressed to the “Acadiana Television Corporation,” and the name just kind of stuck.

Many of the Acadiana residents are Cajuns and embody everything that Cajun stands for. The rural living and the now-famous Cajun accents can be experienced throughout many cities in the South. While there aren’t many residents purely speaking French down there, you can still hear French phrases mixed in with Cajun-accented English. This area is where the true Cajun Mardi Gras magic happens.


What do the Things Japanese People Say at Fireworks Festivals Mean?

Summers in Japan are of course synonymous with fireworks festivals, but when a firework shoots up into the air, there's a unique chant―what is that chant, and what is its origin?

When a beautiful firework whistles into the sky, Japanese people have the custom of chanting the word "Tamaya." What is the significance of this?

"Tamaya" and "Kagiya" each refer to historical fireworks houses during the edo period. Onlookers would cheer the name of each house as they shot fireworks into the sky.

However, the Tamaya house caused a fire ending its existance after a single generation. Even so, the Tamaya house's renowned techniques and status were so influential that people still chant its name to this very day.

"Kagiya" is often heard even now, so be sure to try shouting it!

Event details

Tokyo's largest firworks festival, the Sumidagawa Fireworks Festival, is on Saturday, July 29, starting from 7:05pm. Make the most of Asakusa and the Tokyo Skytree to enjoy it!


Chase DE 158 - History

- The culture that built it was known as the Chavín Cult

- Was the capital and religious center of the Chavín Cult's members and the pre-Incan civilization.

-Was constructed over many stages and years, but primary construction took place in 900 BC

- Had been continually occupied by various Incan groups and descendants up until 1940.

- Geographic location very important and purposeful, known as the Ancash region

- Allowed for lots of migration and pilgrimage, especially from the Southern Highlands

- Set at the connection of two of Peru’s largest rivers, allows for easy access

- The site is in a valley of an otherwise very mountainous Andes region

- Allows for agricultural production of potatoes and maize

- Includes artifacts and stylistic elements from all over

Additional questions:

* What is the geography of the area, and how does it shape its art?

The Chavín de Huántar is situated in the Andes mountains of Peru. It is in the Ancash region and while centrally located, it is especially close to the coastal areas as well as the south. This allowed for many people to access it and participate in a pilgrimage to pay respects to their spirituality, ancestors, and the supernatural being. It was very easy to reach for these people, as it lies on the convergence of two large rivers. The Chavín de Huántar is also in its specific location because it itself is a lowland valley in what is otherwise a very mountainous region. This allowed the people to cultivate potatoes and maize. We know that people from all over the Andes region visited the Chavín de Huántar because of archeological findings as well as sculpture from these different areas.

* What are the social roles, including gender roles?

Not much is known about the gender roles in this society, however, the societal roles were very much based off of religion. The high members of society were very religious and had much art related to felines or gods made in their homes to be closer spiritually. Also, Priests were very highly valued in their society with the Chavin religion, history, and culture lying within temples like the Chavín de Huántar, where only priests could enter. The lower societal members were mostly farmers and workers who worked on the land and buildings while the elites focused more on art and nonfarming activities, such as collecting sea shells and trading between one another. The elite and priests were thought to be directly connected to the Gods and therefore treated better. Finally, the elite were buried in very decorated tombs and valued highly in society.

* What ceremonies help define the culture?

The culture defined in the pre-Inca was based off of the iconography and art made from the temple. A lot of the Gods in the Chavín were carved out of stone and depicted as a mix between animals and humans to give the impression that this culture used what they could with stone to depict what was important to them like all people in the tribe and the animals they used for food and clothing. Another way the culture was defined through the Chavín was through the way people made hikes up the mountain to this spot for religious guidance showing the dedication of this society to their many Gods. Lastly the Chavín had people share their pottery and other art forms their which lead to a central hub where people could bring back art influences to their smaller communities within the larger tribe showing that the culture had a deep appreciation for one another.


One of the earliest known references to the purchase of glass in Middlesex is contained in a writ issued by Edward III, dated 28 March 1350. (fn. 1) It recites that John de Lincoln, master for the works in the King's Chapel in the Palace of Westminster, and John Geddyng had been appointed jointly and severally to provide, procure, and buy in the counties of Surrey, Sussex, Kent, Middlesex [and twentythree others], in the most convenient places, as much glass as should be necessary for the said chapel and also to provide workmen, glaziers, &c. A similar writ dated 20 March 1351 (fn. 2) gives the like commission to John de Bampton and John de Geddyng. The expense rolls give full details of the wages paid to the glaziers and other workmen from 20 June 25 Edw. III, to 5 December 26 Edw. III. (fn. 3) Master John de Chester was paid 7s. a week for working on the drawings of several images for the glass windows, and was assisted by five master glaziers working on similar drawings at 1s. a day each. Other painters on glass received 7d. a day each, glaziers who cut and joined glass for the windows were paid 6d. a day, and workmen who were apparently labourers had 4d. or 4½d. a day. Thomas de Dadyngton and Robert Yerdesle, who ground the colours, were also paid at the rate of 4½d. and white, blue, azure, and red glass was bought by the 'pondus' and conveyed from London to Westminster. Other examples of windowglass both pictorial and heraldic in religious and secular buildings throughout the country show how great an advance had been made by this art in England by the middle of the 14th century.

We meet with some interesting information concerning a Middlesex glass-house in 1447, when the executors of Richard de Beauchamp, Earl of Warwick, who died in 1439, were engaging the services of various artificers for the construction of the magnificent Beauchamp Chapel in St. Mary's Church, Warwick, as a last resting-place for the earl. The contract for glazing the windows was assigned to a Westminster glazier in the following terms:- (fn. 4)

John Prudde of Westminster glasier, 23 Junii 25 H. 6, covenanteth &c. to glase all the windows in the new chapell in Warwick, with Glasse beyond the Seas, and with no Glasse of England and that in the finest wise, with the best, cleanest, and strongest glasse of beyond the Sea that may be had in England, and of the finest colours of blew, yellow, red, purpurl, sanguine, and violet, and of all other colours that shall be most necessary, and best to make rich and embellish the matters, Images, and stories [histories] that shall be delivered and appointed by the said Executors by patterns in paper, afterwards to be newly traced and pictured by another Painter in rich colour at the charges of the said Glasier. All which proportions the said John Prudde must make perfectly to fine, glase, eneylin it, and finely and strongly set it in lead and souder, as well as any Glasse is in England. Of white Glasse, green Glasse, black Glasse, he shall put in as little as shall be needfull for the shewing and setting forth of the matters, Images, and storyes, and the said Glasier shall take charge of the same Glasse, wrought and to be brought to Warwick, and set up there in the windows of the said Chapell the Executors paying to the said Glasier for every foot of Glasse ijs. and so for the whole xcjli. js. xd.

For some alterations Prudde received a further payment of 'xiijli. vjs. ivd.' These comprised some additions 'for our Lady, and Scripture of the marriage of the Earle . . . the same to be set forth in Glasse in most fine and curious colours.' Some information as to the relative cost of English and foreign glass appears in 'The reporte of John Bote, glassyer,' (fn. 5) which gives his charges for work done in 1485 at Cold Harbour, the famous London mansion fronting the Thames. The prices of the various kinds of glass were: Dutch, 4½d. a foot Venice, 5d. Normandy, 6d. English, 1d. it is probable that the English glass was of smaller size.

Macpherson, (fn. 6) quoting from The Present state of England, anno 1683, says, 'The fine flint glass, little inferior to that of Venice, was first made in the Savoy House in the Strand' nothing beyond this statement is known respecting this supposed manufactory. Other unsuccessful attempts made in Tudor times to set up the manufacture will come more conveniently for notice under London.

Another of these pioneers was one Cornelius de Lannoy who came from the Netherlands towards the end of 1564 and set up a workshop in Somerset House. (fn. 7) He was subsidized by the English Government, and undertook to introduce improvements and instruct English workmen in the glass-makers' art as practised in his own country. A letter from Armagill Waade to Cecil (fn. 8) of 7 August 1565 states that Lannoy could not find suitable materials in England, and that the potters could not 'make one pot to content him. They know not howe to seasson their stuff to make the same to susteyne the force of his great fyres.' He was forced to send to Antwerp 'for new provisyons of glasses, his old being spent.' The English workmen made no progress in learning the art, perhaps through the want of the proper materials 'all our glasse makers cannot facyon him one glasse tho' he stoode by to teach them.' Lannoy received £150 for 'provisyons,' £30 on his arrival in England, and £30 a quarter, the first payment being for the quarter ending 25 March 1565. The queen and her council were, like the heads of most other countries, very desirous of promoting the glass manufacture, but Lannoy's enterprise proved unsuccessful. He was also an alchemist, and made persistent attempts to induce the queen to take up his schemes for transmuting base metals into gold. (fn. 9)

Among the French Protestant refugees who fled from their country after the massacre of St. Bartholomew in 1572 were some who brought with them the art of glass-making. One of these families of French glass-makers named Bigoe, Bagoe, or Bagg, has been traced by Hallen (fn. 10) in various parts of England and Ireland. In 1623 Abraham Bigoe had a glass-house at Ratcliff and another in the isle of Purbeck. He was probably the founder of the firm mentioned by Lysons in his account of the parish of Stepney published in 1795. (fn. 11) Among the industries of the hamlet of Ratcliff he includes 'Bowles's celebrated manufacture of window glass, established by the great-grandfather of the present proprietor, who is said to have been the first to manufacture crown glass in this kingdom.' Lysons adds, 'it has certainly been brought to its present improved state by his family.'

The number of glass-houses in England in 1696 is said to have been eighty-eight, (fn. 12) but how many of these were in Middlesex cannot be ascertained.

An important discovery in glass manufacture made by Thomas Tilston, a merchant of London, early in the reign of Charles II, gave London glass a great reputation both here and abroad. After many fruitless experiments it was found that by reducing the proportion of lime and adding a small quantity of litharge or oxide of lead a brilliant and practically colourless glass was obtained, which was not only more fusible but brighter and clearer than the old glass. This became known as English flint glass, and Tilston, who made the discovery, applied for and obtained a grant of the whole use and benefit of his invention. (fn. 13) The fine qualities of this new glass struck a severe blow at the Bohemian colourless glass, which had itself beaten Venetian glass out of the field. (fn. 14) Its superiority lay in its great density, which in some cases exceeded that of the diamond the English cut glass rivalled the diamond in the production of prismatic displays. In 1713 English cut glass began to appear on the Continent. In 1760, on the authority of M. Gerspach, a French writer, England practically supplied the whole of France with glass. It is strange that so few specimens of this important art and so little information concerning it have survived. The earliest known piece of English cut glass is one' bearing the monogram of Frederick Prince of Wales, which must therefore be dated between 1729 and 1751. The best period of this industry is between 1750 and 1790, and it began to decay early in the 19th century. Mr. Powell marks three stages of progress: the first, in which cutting is subservient to form, lasted to about 1790 the second, in which the claims of form and cutting are equally balanced, continued till about 1810 and the third, not yet terminated, in which form has largely given way to cutting. The softness and high refractive power of their glass proved a snare to English cutters, who to please the public strove after still greater dazzling prismatic effects. For this, deeper cutting and thicker material became necessary, and the glass produced bristled with prismatic pyramids which effectually destroyed all beauty of form.

No other records of glass-makers in London outside the City walls are met with until 1760, when William Riccards, merchant, and Richard Russell, glass-maker, both of Whitechapel, obtained a patent (fn. 15) for fourteen years for a new method of making pots and building furnaces for crown glass, plate glass, and all sorts of green glass.

William Tassie, who is best known by his wax medallion-portraits, invented a white enamel composition which he used for reproductions of gems. This was a vitreous paste, the method of preparing which he kept secret his place of business was from 1772 to 1777 in Compton Street, Soho, and from 1778 to 1791 at 20 Leicester Fields (Leicester Square). A manufactory for the production of plateglass by blowing, the last of its kind, existed in East Smithfield almost down to 1830, before it gave way to the powerful competition of the British Cast Plate Glass Manufacturers. (fn. 16)

The Banks collection of tradesmen's cards in the Print Room of the British Museum has notices of the following firms:-Price, Sherrard Street, St. James's, 1779-89 Stanfield & Co., successors to Orpin, 481 Strand, 1785 Hancock, Shepherd & Rixon, 1 Cockspur Street, 1808. Two makers of stained glass also occur:-Baker's Patent Manufactory, 25 Marsham Street, Westminster, 1792 and William Collins, 227 Strand, near Temple Bar, 1815.

A minor glass industry was carried on by small workers in Bethnal Green and Shoreditch up to about forty years ago. This was the manufacture of glass beads for exportation to native tribes in Africa. Hartshorne, (fn. 17) writing in 1897, says:-'They bought their coloured glass canes from the glass-makers and melted them at a jet, dropping the metal upon a copper wire coated with whitening, the wire being turned during the process, and when cold the beads would slip off. The men were, however, so careless and unpunctual that the trade came to an end.'

Mirror-making is carried on as part of the cabinet-maker's trade, which involves among other operations that of glass-bevelling. The glass, having been made of right size and shape by the cutter, is passed to the beveller, who first presses the edge of the glass against an iron grinding-mill, or wheel, upon which a mixture of sand and water continually plays. The next process is to submit the glass to a revolving stone, upon which water trickles this removes the roughness left by the first operation. The final polish is then given by a wooden wheel covered with polishing material. The shape workers, who produce curves and other elaborate shapes with their bevelling, are highly-skilled workmen. The glass then goes to the 'sider,' who cleans and prepares it for silvering. It is then turned into a mirror by the silverer, by the application of silver reduced by admixture with various chemicals. By substituting this process for the use of quicksilver, which formerly prevailed, silvering has now become as little dangerous as any other branch of the trade. When the cost of plate-glass became so much reduced, and the use of mirrors in all kinds of furniture increased, the trade grew considerably but during quite recent years, although the price of glass has still continued to fall, the London trade has remained stationary. (fn. 18)

Our English glass at the present day suffers much from the competition of French and Belgian glass. (fn. 19) The foreign glass is not only cheaper to produce, wages being lower where it is made than in this country, but it is said to be purer and whiter in colour, because of some superiority in the material available.

Through the exertions of Dr. Salviati, a native of Venice, the old glass industry of Murano has been successfully revived, and a London company (known as the Venice and Murano Glass & Mosaic Company, Ltd.) was formed in 1870 for the sale of its goods. One department is the manufacture of enamel mosaics, an excellent example of which may be seen in the mosaic decorations of St. Paul's Cathedral. The firm also largely produces table glass of artistic design and fine quality.

It remains to speak very briefly of artists in stained glass. Some excellent work has been done by firms of the present day. Much of the painted glass produced by Messrs. Cottier & Co., of Grafton Street, is extremely fine, both in design and colour. Messrs. James Powell & Sons, of South Kensington and Bayswater, whose principal works are at Whitefriars, have supplied six windows for St. James's Church, Marylebone. Messrs. Clayton & Bell, of Regent Street, have placed some good windows in Ely Cathedral and Messrs. Heaton, Butler & Bayne, of Garrick Street, have also executed very fine work.


Assista o vídeo: Conteo Regresivo a UFC 158 (Pode 2022).


Comentários:

  1. Meshicage

    Você está errado. Envie-me um e-mail para PM, vamos discutir.

  2. Kazill

    sorriu desde a manhã

  3. Albinus

    É notável

  4. Redmund

    Na minha opinião, você admite o erro. Eu posso provar. Escreva para mim em PM, vamos discutir.

  5. Laomedon

    Sugiro que visite o site, que tem muitos artigos sobre este assunto.



Escreve uma mensagem